Como Não Tomar Chapéu na Hora de Receber a Comissão

cuidados para não tomar chapéu a hora da comissão

Como Não Tomar Chapéu na Hora de Receber a Comissão, mostrarei os segredos para não ser surpreendido, o assunto é polêmico mas deixo claro que não me refiro as pessoas honestas digo os muitos proprietários e clientes de boa índole, e sim a uma pequena minoria a qual fazem questão, de tentar a qualquer custo arrumar o mais sórdidos motivos para não pagar a nossa comissão.

A tempos escrevi um pequeno artigo chamado, corretor de imóveis de herói a vilão, aonde falo que o corretor de imóveis é o profissional que vai mais rápido de herói a vilão, do que qualquer outra categoria, somos os heróis ao vender aquele imóvel que estava a tanto tempo parado, e nos tornamos os vilões na hora de receber o que é justo por direito, acredito que pela vultuosidade dos valores se comparado a qualquer outra ramo, o nosso negócio tem cifras expressivas, mas o trabalho é árduo e isso normalmente não é observado por muitos.

Os Segredos Para Não Tomar Chapéu na Hora de Receber a Comissão

Registro Via Email

Deixe salvo todos os emails, eu costumo ter uma pasta em minha caixa de email com o nome da rua e numero da propriedade que estou negociando, lá deixo arquivado tudo referente a aquele negócio, emails de interessados que vieram através do site, emails que recebi do proprietário com a documentação, e todo o passo a passo das negociações referentes a aquele imóvel, quando faço uma visita com o cliente no imóvel, no mesmo dia eu mando um email para o proprietário, avisando a data e hora e nome do cliente que levei no imóvel, eu guardo a cópia desse email que serve como prova na hora de uma eventual demanda.

Registro de um Termo de Visitação 

Todos os clientes que vão ver  imóveis em meu escritório, antes da visita eles assinam um termo de visitação, aonde fica claro que todo o negócio envolvendo aquela propriedade, deverá ser tratado em nosso escritório, o objetivo do termo de visitação tem a finalidade resguardar as partes envolvidas, corretor de imóveis, comprador e vendedor, recomendo a leitura do artigo, Interpretações do Artigo 725, que também pode ajudar o corretor no assunto dessa matéria.

 Popularmente Falando, Quem é o Safado ?

Existem centenas de casos aonde você leva o comprador no imóvel, e esse depois sem te avisar vai lá sozinho tentando localizar o proprietário, tudo isso para tentar baratear a transação, para que o imóvel fique 6% seis por cento mais barato, existem pessoas assim que usam de maldade nos negócios, para tirar vantagens pessoais e não se importam se com isso vão prejudicar alguém, por isso recomendamos todos os cuidados acima.

Também temos proprietários que de forma descarada, pedem o telefone do pretenso comprador logo no primeiro encontro, e na frente do corretor de imóveis que está lá conduzindo a visita, certa vez ao me deparar com uma situação dessa, e peguei o cartão da mão de meu cliente e o substitui pelo meu dizendo, meu trabalho e não dar trabalho para nenhuma das partes envolvidas, estou aqui para fazer a intermediação e agilizar todo o tramite, eles entenderam e me pediram desculpas, disse não por isso e continuei minha rotina até o fechamento, as vezes não existe a maldade, mas é preciso sempre estar prevenido.

Um Caso Real que Aconteceu Comigo

Fui mostrar um imóvel para um cliente que foi ao escritório, tomei todos os procedimentos de segurança, ele assinou o termo de visitação, eu mandei os emails após a visita para o proprietário, em fim tudo registrado e documentado, o cliente começou a colocar muitos defeitos no imóvel e disse que não se interessou pelo mesmo, o ditado antigo que diz quem desdenha quer comprar caiu como uma luva, eu costumo mandar um email para meus clientes perguntando se o atendimento foi de acordo com o esperado, ele disse que o atendimento foi ótimo mas que realmente o imóvel não interessou.

Pois bem passado quase seis meses, vi o carro daquele cliente na garagem do imóvel, na hora me veio uma raiva incontrolável, mas decidi agir com bom censo e liguei para o proprietário, falei em tom calmo boa tarde senhor Rogério, o imóvel ainda está a venda, ele disse não eu já o vendi diretamente, ai eu falei eu sei o senhor o vendeu diretamente e para um cliente que eu levei em seu imóvel.

O senhor Rogério me disse o seguinte, Sérgio inclusive o seu cliente me disse que foi mal tratado em seu escritório, e que por isso não queria tratar mas com vocês, e então eu assumi e negociamos direto, na hora eu lembrei da pesquisa de atendimento e falei, eu tenho o email aonde ele falou que não gostou da casa e que o atendimento foi ótimo, então como ficamos ?.

O proprietário disse que não pagaria a comissão, e que se eu quisesse que procurasse os meus direitos, sem discutir eu disse passar bem e boa tarde, reuni toda a papelada e procurei o meu advogado na época dos fatos, foi feita uma analise e como a evidência material era muito forte, entramos com a ação de cobrança da comissão.

O Dia da Audiência

Eu odeio ter que resolver os meus problemas dessa forma, mas realmente foi a única forma civilizada de sanar a demanda, a audiência foi marcada as 15:00 horas, na sala de audiência o ex proprietário do imóvel, o atual proprietário e eu e os advogados, o juiz fez a seguinte pergunta, os emails trocados e o termo de visitação o senhor reconhece ou não, com a voz embargada o ex proprietário disse sim mas veja bem, antes dele concluir o magistrado disse, o senhor concorda que se não fosse a intermediação do corretor o negócio não sairia, ou não ?.

Mas ele maltratou o comprador, por isso fechei o negócio diretamente, meu advogado pediu a palavra e citou as folhas aonde constava a minha pesquisa de atendimento, o juiz foi até as folhas e leu e perguntou para o meu cliente, o senhor escreveu isso ? o cliente disse sim, o magistrado olhou para o ex proprietário e disse pague o rapaz !.

A Regra de Ouro Para Não Tomar Chapéu.

Esteja sempre muito bem documentado, tudo deve ser registrado, desde as trocas de emails até as conversas pelo whatsapp, pois existem clientes que podem alegar a ociosidade do corretor, e se provarem que o corretor foi ocioso na transação ai complica, por isso tudo deve estar amplamente documentado e arquivado, o termo de visitação é peça chave, mas acredito que o conjunto da obra é o que faz toda a diferença, em todos os casos que eu tomei todos os cuidados acima, eu sempre recebi a comissão.

Quando o corretor de imóveis apresenta as partes, ele já faz jus a comissão, se ele não apresentasse o vendedor não venderia, e o interessado jamais teria chegado ao imóvel, quem se utiliza dos serviços de um corretor de imóveis e depois o descarta, visando somente abater o valor que seria deste profissional, essa pessoa tem um nome para mim é ladrão, pois está roubando o direito de recebimento de um pai ou mãe de família, prezado corretor irmão de batalha, esteja recheado de evidência material e mostre o seu trabalho e exija os seus direitos !.


Artigo de :

donsergione

Sérgio Barbosa

Permito a divulgação desde que fique mantido o link original www.bancodosimoveis.net e sempre mencione o autor.