Como tirar o CRECI e por que isso é importante para o corretor

Como tirar o CRECI e por que isso é importante para o corretor

Se você chegou até aqui é porque está encantado pela ideia de se tornar um corretor de imóveis. Estou certo? Além de ser uma profissão em uma área consolidada e cheia de oportunidades no mercado, é possível construir uma carreira sólida e obter ótimos ganhos financeiros.

No entanto, para chegar ao tão desejado nível de conhecimento técnico e, claro, criar sua própria rede de contatos, é preciso estar apto a algumas exigências. Dentre elas, o CRECI, que significa Conselho Regional de Corretores de Imóveis. O órgão, que dá nome à certificação, garante o seu registro profissional como corretor imobiliário, indispensável para qualquer negociação e documentação, seja para compra, venda ou aluguel de um imóvel.

Na verdade, essa é uma certificação exigida e regulamentada pela Lei Federal nº. 6.530/78. Apenas profissionais autorizados pelo CRECI podem fazer o registro de imóveis ou terrenos. É como o caso de um médico que, para exercer sua profissão, precisa ter seu CRM individual, por exemplo. Sem essas certificações, a atividade pode ser considerada ilegal. E ninguém quer correr riscos, não é mesmo?

Como tirar o CRECI

 

 

Quem estiver interessado, em primeiro lugar, precisa investir em um curso técnico em Transações Imobiliárias, um superior em Ciências Imobiliárias/Gestão de Negócios Imobiliários ou qualquer outro autorizado e reconhecido pelo CRECI.

Mas é preciso ficar atento: o Conselho Regional de Corretores de Imóveis não possui qualquer vínculo direto com as instituições que oferecem os cursos, ou seja, é de total comprometimento do interessado a busca e o investimento pela formação necessária.

Ao se matricular em um dos cursos e manter o nível de frequência, você deverá ainda fazer um estágio obrigatório. Para isso, é preciso se inscrever e solicitar junto ao órgão o registro de estágio. Procure o conselho da sua região e confira quais regras são válidas para o seu Estado.

Depois de concluir o curso e ter seu diploma em mãos, desde que regularizado pela Secretaria Estadual de Educação, você poderá solicitar seu CRECI definitivo.

Depois disso é hora de se preparar para o nicho em que deseja atuar: na venda de imóveis em lançamento, imóveis prontos no mercado, locação e administração, em uma empresa imobiliária que esteja de acordo com seus valores na profissão ou de forma independente.

A importância do CRECI para o corretor de imóveis

 

 

Assim como toda profissão devidamente regulamentada, ser um corretor está muito além das negociações de um imóvel ou terreno. É preciso conhecer a fundo suas diretrizes e, mais, estar atento às condições da área.

Acima do CRECI está o COFECI, Conselho Federal de Corretores de Imóveis. Fundado em 1964, o órgão fiscaliza todas as atividades dos profissionais em todo o Brasil. Sendo assim, o COFECI-CRECI é um sistema composto por um Conselho Federal e 25 Conselhos Regionais de Corretores de Imóveis atuantes no país. Aliás, no site do COFECI é possível encontrar as informações sobre todos os órgãos nacionais e seus respectivos contatos. Verifique o Conselho Regional do Estado de sua atuação.

No geral, previsto na lei, os principais objetivos do CRECI estão em publicar, fiscalizar e organizar o controle da profissão de Corretor de Imóveis. É de extrema importância que todo consumidor tenha muita atenção no momento de comprar um imóvel, já que toda negociação deve ser feita por um profissional propriamente habilitado pelo CRECI.

Somente os corretores de imóveis credenciados em seu Conselho Regional podem realizar com segurança uma transação imobiliária. O atendimento à fiscalização e defesa do consumidor, nestes casos, é imbatível. A penalidade pode variar em até 10 vezes a anuidade cobrada pelo CRECI para cada corretor descredenciado.

Portanto, você, caro amigo que, assim como eu, deseja se tornar um especialista em negócios imobiliários, seja um profissional habilitado! Busque a formação requisitada e ajude a fortalecer o Sistema de Corretagem e a regularização da nossa profissão no Brasil.

Lembre-se! Você estará influenciando no sonho da casa própria de muitas pessoas, o que, para muitos, em nossa área, é uma realização única. Faça valer a pena!

Fonte: guillhermemachado.com