Mercado Internacional chama atenção do Brasileiro

Mercado Internacional chama atenção do Brasileiro
  • Portugal e EUA oferecem oportunidades para investidores

    Será que realmente nossa economia está tão mal assim? Ao que parece, não, pois Portugal e Estados Unidos estão de olho no brasileiro com dinheiro para comprar imóveis no exterior. É claro que essa parcela de interesse classe média brasileira, que sonha e pena para ter o imóvel próprio.

    O target procurado é o brasileiro da chamada “A gargalhada”, aquela AAA (dai, gargalhada), ou seja superior à classe A, no Critério Brasil, com renda mensal individual superior a R$ 50 mil. É  esse o público que desperta o interesse dos portugueses e americanos. Normalmente, esse consumidor já tem seu imóvel (ou seus imóveis) por aqui e, com dinheiro de sobra, procura diversificar investimentos, ter um imóvel no exterior para passar férias ou mesmo morar.

    Em comum, os dois mercados passaram ou passam por turbulência e estão com preços mais em conta do que no Brasil. Ou seja, vale a pena, desde que se tenha o que gastar. E esse público tem. O fato que pesa a favor do exterior, apesar de vivermos um momento de vendas baixas, os nossos preços estão entre o mais caros do mundo, ainda mais se olharmos imóveis médios. Porém, os especialistas asseguram que o Brasil não passará por uma bolha imobiliária. Assim, atualmente, passamos por um momento ruim, mas os valores estão, de certa forma estabilizados, sem risco de desvalorização, como ocorreu nos EUA.

    Outro ponto interessante a pensar, é que no Brasil é notório que não há crise para os imóveis Triple A, exatamente o que está sendo oferecido aos brasileiros.

  • Fonte:
    ABC Imóvel | www.abcimovel.com.br