O que é Design Thinking e Sua Aplicação no Mercado Imobiliário

ue é Design Thinking e Sua Aplicação no Mercado Imobiliário

O Que é Design Thinking, é  a capacidade de inovar mediante a problemas, trabalhando na restrição imposta e a partir desta reformular o modelo de negócio, é  entender as necessidades do cliente e oferecer as melhores opções de resolver o problema em questão, é  a qualidade de observar o que deve ser resolvido e apresentar soluções.

Popularmente falando seria pensar fora da caixa, analisar o jogo de fora da mesa, gosto desta última haja vista a seguinte comparação :

Quando um jogador de sinuca não está  jogando e apenas observa a partida, esse tem visões  de jogo que o jogador da partida não  tem, pois o jogador está sob a tensão  da partida, e muitas vezes deixa de executar a jogada óbvia que lhe permitiria matar duas, três  ou todas as bolas do jogo.

Mas o  jogador que não está jogando tem a oportunidade de visualizar o jogo de fora, ele pensa de forma calma e detalhada, e quanto mais estudar oque deve ser feito, mas saídas terá de resolver as jogadas leia – se problemas.

Criar a solução a partir do problema, para isso é  necessário o estudo sistemático do problema em questão, o tema deve  ser discutido exaustivamente (brainstorming) vários pensamentos divergentes vão  criar novas dúvidas a partir destas focar em várias formas de atacar o problema é suas variações, e como jogar xadrez para cada jogada uma defesa ou um ataque,  afim de resolver o problema é ganhar a partida.

Um profissional que domina o design thinking precisa de restrições, pois isso não  o amedronta, a partir do problema ele terá vários pontos de resolvimento essa é  a diferença entre um profissional comum e um profissional que entende o design thinking.

A Opinião Steven Johnson

 

De onde vem as boas idéias, Steven batizou um padrão,  de palpite lento segundo Steven as grandes idéias não nascem de um momento único ou de um surto repentino de inspiração.

As idéias importantes passam por um longo processo de incubação , podem demorar de 2 a 3 anos,  a casos de até  longos períodos que vão de 10 a 20 anos, geralmente da colisão de dois palpites menores.

O próprio criador da Internet Tim Berners Lee não tinha a idéia formada de seu projeto e demorou 10 anos após  o início de seu projeto, para ter a idéia da visão  completa da Internet.

Na visão de Steven a colisão  dos palpites formam as grandes idéias, muito antes de Steven Johnson Napoleon Hill já  pregava a união de mentes cria o master mind ou seja a união da mente mestra, em prol do conhecimento e humanidade.

Grandes autores defendem  que todas as definições  de inovação incluem a implementação de algo novo, contra essa argumentação gosto do termo usado por xale man (1973 ) enquanto toda inovação implica em mudança,  nem toda mudança  implica em inovação.

A recombinação  de fatores já existentes, aliada a novas idéias, é  capaz de revolucionar o mercado, vejamos um recombinação de fatores que aliada a algumas inovações criaram uma ferramenta  muito importante  na comunicação.

O velho modelo de torpedo SMS sofreu uma inovação chamada whatsapp, o whatsapp nada mais é  que a reinvenção do velho sistema de torpedo sms, uma clássica recombinação e inovação que resultou nesse magnífico  resultado.

A musa inspiradora das inovações é  a compensação  financeira, esse fator motiva as pessoas a criarem as inovações capazes de satisfazer as demandas do mercado.

Estudando o problema é criando a solução.

 

O arquiteto tinha um jardim e lá crescia a uma planta rasteira que cresci frequentemente e ele sempre arrancava isso ocorreu por anos e anos, cansado daquela situação ele decidiu estudar a planta leia – se estudar o problema.

O arquiteto em suas pesquisas identificou que se tratava de uma planta comestível, e pasmem uma planta altamente nutritiva chamada de “vegulosas” então o arquiteto fez do problema uma solução, parou de jogar fora o alimento e passou a consumi-lo.

Pegando o problema lixo e criando a solução.

 

No projeto “Los Amigos” o professor Dafyd Rawlings Mostra que com restos de madeira e matérias jogados fora vistos como problemas, foi possível enxergar a partir do problema a solução, esses matérias foram usados para a construção  de casas populares.

Também é  mostrada uma igreja feita a partir de materiais salvos, pneus, balão de feno, a proposta é  a criação  a partir do caos, do problema,  barreiras são feitas para serem transpostas.

O design thinking aplicado no mercado imobiliário.

 

Certa vez um proprietário de uma enorme  área de terras tinha um grande problema com seu Imóvel, parte do terreno era um grande morro, e oque sobrava era um grande buraco.

Esse era um problema herdado de seus pais que por décadas não con seguiram vender a propriedade, por conta dos sucessivos aclives e declives do terreno.

Cansado daquela situação  e sem pensar decidiu vender a propriedade por um quarto do que realmente valia, para um empresário da construção civil que teve a seguinte idéia  após a aquisição.

O novo comprador contratou uma equipe de terraplanagem e solicitou que as partes aonde ficam localizados os morros, fossem retiradas e jogadas para aterrar os buracos e partes mais baixas do terreno.

Dessa forma ele alinhavou a superfície deixando o terreno plano como uma mesa de escritório, vendo aquilo que não  existia até  então  o dono de uma construtora bem maior que a do atual comprador, fez uma oferta pela propriedade  a qual era pelo menos 8 vezes maior que o valor pago pelo imóvel e obras já executadas.

Na narrativa acima podemos ver as duas formas de se lidar com um problema, a forma tradicional e imediatista, que visa o resolvimento do problema pelo sistema mais fácil que seria a liquidação forçada do imóvel.

Já um profissional que aplica o pensamento do design thinking, analisou o problema é a partir deste criou uma solução, que foi fazendo a movimentação  de terras tirando os morros e tapando os buracos, dessa forma ele nivelou o terreno e valorizou em muito a propriedade que a partir de sua ação aumentou em muito o potencial de venda, sendo mais atrativa ao mercado.

Aonde o antigo proprietário enxergou só  problemas, ele vislumbrou uma ótima oportunidade de negócio, e criou a solução a partir do problema alheio.

Corretores de imóveis o procedimento que vejo dos colegas e trazer o cliente no escritório  para ver de um a 3 Imóveis, existem corretores que mostram muito mais Imóveis, oque  acho desnecessário.

Já considerou a idéia de marcar uma reunião com o cliente apenas para ouvi – lo ? Isso mesmo, acredito que para atender bem primeiro é  necessário entender quais as necessidades do cliente.

Quais os bairros de preferência, tipo de imóvel solicitado, analisar o potencial de compra com auxílio do simulador de financiamento, ouvir os anseios do cliente.

Feita essa reunião o corretor de imóveis deve separar três  Imóveis  que mais se aproximem do solicitado,  dessa forma haverá  uma economia de tempo e um aumento na taxa de conversão  de vendas.

E para finalizar este artigo cito um grande autor ” Ilipinar  (2008) além dos aspectos apresentados o design thinking parte da construção  de novas idéias sem julgamento prévio ou medo de falhar e com estímulo à máxima aprendizagem dos indivíduos”.

Em fim design thinking é  inovar, recombinar, e apresentar soluções aos problemas em foco, é  ter idéias que possam mudar e criar novos conceitos é  pensar fora da caixa.

Artigo de :

2014-06-15 01.48.53

Sérgio Barbosa

Permito a divulgação desde que fique mantido o link original www.bancodosimoveis.net e sempre mencione o autor.


  Diga Como Quer o Imóvel :

logo_banner

nossa equipe encontra


 Procurando Imóveis ?

Imoves na Zona Leste

www.altopedroso.com.br

PABX (11) 2032-4040