Parcerias entre Corretores de Imóveis – Potencial Desperdiçado ou Utopia?

Parcerias entre corretores de imóveis é sempre um tema polêmico. Talvez até um tabu no nosso mercado. Mas sempre que leio ou que escuto falar sobre o Mercado Imobiliário dos EUA, esse tema surge como um dos principais fatores do seu robusto desenvolvimento.

Fala-se muito das MLS (“Multiple Listing Service”) como um dos pontos fortes. E isso nada mais é do que o tema “parcerias entre corretores/imobiliárias” levado ao seu potencial máximo. É claro que isso não aconteceu do dia pra noite. Foi fruto de muito trabalho, de erros e acertos, mais acertos do que erros, é claro. Acredito que devemos ter esse exemplo como norte, porém sempre adicionando “temperos” brasileiros e buscando aproveitar o que eles têm feito de bom e evitar os erros.

Nosso mercado vem vivendo anos de recuperação, diria até de renascimento, de 2006/2007 para cá. Com os IPO’s de grandes incorporadores, com o mercado de crédito imobiliário crescendo a taxas “chinesas” e com o aperfeiçoamento do nosso arcabouço legal.

E nós corretores?

O que estamos fazendo para acompanhar isso? O que estamos fazendo para nos prepararmos e nos adaptarmos a esse novo ritmo que o nosso mercado vem tendo? Ser corretor de imóveis hoje em dia no Brasil já é uma opção que atrai muitos jovens e profissionais de outras áreas, coisa impensada há 5 ou 6 anos atrás.

Acredito que o salto de amadurecimento e profissionalismo que temos que dar agora é na forma como nos associamos, como nos relacionamos uns com os outros, como nos organizamos para aproveitarmos ao máximo todas as oportunidades de negócios que estão surgindo e aparecendo em cada “esquina” ou sede de imobiliária espalhados pelo nosso país. E para isso existe hoje a Internet, essa ferramenta sensacional que dá condições para o profissional autônomo “competir” em igual condição com uma grande imobiliária, basta para isso, dedicação, conhecimento e um pouco de ousadia!!