Polícia identifica homem que aplicava golpes com imóveis.

Polícia identifica homem que aplicava golpes com imóveis

Segundo as investigações, ao menos 30 pessoas foram vítimas do suspeito. Prejuízos com os falsos aluguéis também em SC passam de R$ 300 mil.

A Polícia Civil em Cascavel, no oeste do Paraná, identificou um homem de 23 anos suspeito de ser o autor de golpes aplicados contra veranistas que pretendiam alugar imóveis nas praias de Guaratuba, no litoral do estado, e Camboriú (SC). Segundo as investigações, ao menos 30 pessoas foram vítimas do golpista  e os prejuízos provocados passam dos R$ 300 mil.

Ainda de acordo com a polícia, o jovem, que está foragido, não tinha qualquer relação com os imóveis, apenas os fotografava ou copiava as imagens da internet e divulgava os anúncios de aluguel em um site na internet. Os valores combinados entre o golpista e as vítimas eram depositados antecipadamente em contas abertas em nomes de supostos ‘laranjas’.                

Polícia identifica homem que aplicava golpes com imóveis
Polícia identifica homem que aplicava golpes com imóveis

“Com as informações vamos pedir a prisão preventiva do suspeito. Ele ainda não foi preso porque foi identificado recentemente”, explicou o delegado Ademair Braga Júnior ao reforçar que golpes eram aplicados também em São Paulo. “Para evitar este tipo de golpe, as pessoas precisam se certificar da existência dos imóvel e efetuar estes aluguéis por meio de imobiliárias de confiança e ter um contrato”, orientou.

O jovem foi identificado em função de outro golpe que vinha sendo investigado desde 2014. Ele fazia falsos anúncios de eletrônicos. Recebia os valores, mas não entregava os produtos. As investigações apontaram ainda que o pagamento dos ‘laranjas’ eram feitos em cocaína. “Por isso ele deve responder por estelionato e também pelo crime de tráfico de drogas”, comentou o delegado.

Fonte: G1