Profissão de Corretor de Imóveis Vai Acabar?

Profissão de Corretor de Imóveis Vai Acabar?

 

 

O Fim da Profissão de Corretor de Imóveis em 2025

Vi uma matéria, aonde um palestrante do mercado imobiliário, dizia que a profissão de corretor de imóveis acabará até 2025, abaixo minhas conclusões:

Quem disse que isso vai acontecer:

O Palestrante Guilherme Machado, eu li a matéria e depois vi o vídeo. Notei que na matéria postada no linkedin ele é bem incisivo, e fala em tom quase que profético sobre o final da Profissão de corretor de imóveis; colocando o ano de 2025 como o ano derradeiro para o final da categoria. No vídeo já vi um Guilherme Machado mais cauteloso, falando que seria o fim dos pseudo corretores, ou mesmo aqueles corretores que não são do movimento dele o: (quebre as regras) como se ele fosse o sumo sacerdote portador do segredo, que irá garantir a continuidade da raça; leia-se profissão corretor de imóveis.

Motivos pelos quais a Profissão de Corretor de Imóveis não acabará.

  • Regionalidade, o que esses pseudo gurus não entendem, é que o mercado imobiliário não é um todo, e sim micro centelhas que formam um todo.  Ou seja: temos países, estados, cidades, bairros e sub-bairros. Cada sub-bairro é um universo à parte. O que se pratica em uma região, necessariamente não se aplica a próxima, e assim sucessivamente. Os usos e costumes de cada regionalidade, são antagônicos em comparação a outras regiões mesmo em locais próximos.
  • Quem domina o mercado é quem domina o oráculo“google e os principais buscadores” esses São os oráculos e quem os domina, terá vida longa no mercado. Curiosamente não vejo nenhum app do imóvel, ou mirabolantes aplicativos que prometem exterminar a nossa categoria, rankear no google, nem na terceira ou quarta página. Quem Procura imóveis procura dessa forma:
  • Imóveis no Tatuapé ou imobiliária no Tatuapé, seguindo essas palavras chaves a variação de cada bairro, mais acréscimo de outras expressões. Dessa forma é a cabeça de quem pesquisa imóveis.  Os buscadores são os preferidos do internauta. A longevidade de um mercado, é determinada pela facilidade com que esse é encontrado. E nesse quesito quem não dominar as palavras chaves do seu nicho, estará em franca desvantagem.
  • A idéia do aplicativo é que se exclua os corretores de imóveis, e que compradores façam negócios sem a presença do corretor. Os próprios corretores de imóveis se cadastram lá, e dizem que são proprietários dos imóveis; ou seja: desvirtuou totalmente o objetivo final do aplicativo. Eu mesmo como corretor de Imóveis, já tive imóveis meus cadastrados lá, e jamais obtive uma única chamada de um comprador ou interessado em locação.

Um outro amigo corretor, disse que ligavam para ele pessoas com numero restrito, e quando ele pedia o contato as pessoas desligavam. (muito estranho).

Pesquisa divulgada no portal imobiliário SP IMÓVEL, revela que 95% dos entrevistados preferem profissionais do setor imobiliário, nas transações.

Anúncio da primeira imobiliária sem corretores.

Um site se propõe a fazer negócios entre particulares, fui pesquisar e o dono do site é um corretor de imóveis. É tipo colocar uma raposa para tomar conta do galinheiro; esse pessoal tem feito eu dar boas risadas.

Outro portal fala em baratear o que o corretor ganha, seria comissão a preços populares mais um outro portal sem corretores de imóveis. Felizmente nossa profissão além de regulamentada, possui farta matéria jurídica, leis, artigos e muita proteção, (tudo que se trate de honorários abaixo do valor de mercado, e intermediação de imóveis sem corretor, e tido como concorrência desleal e exercício ilegal da profissão.)

Comparação idiota com a uber:

As pessoas gostam de comparar qualquer rumo de negócio, com o case da uber. No ramo de imóveis isso não se aplica e explicarei o porque:

Quem pede o uber tem uma necessidade urgente, precisa daquilo rapidamente para a mesma hora, ou seja trata-se de um mercado aonde predomina uma demanda lépida.

Totalmente diferente do mercado imobiliário, aonde a decisão final não é tomada na mesma hora; e depende de uma série de vários fatores.

Ninguém vai comprar um imóvel, com a mesma rapidez em que pede um uber. Pois depende de várias visitas, negociações, opiniões, a decisão de comprar um imóvel é demorada e acontece em vários estágios. Portanto comparar  o case do uber com o mercado  imobiliário, é  de uma imbecilidade sem precedentes. Pra mim quem insiste nessa comparação, está sem assunto e procurou um tema bombástico para tentar recuperar audiência.

Dizer que a Profissão de corretor de Imóveis será instinta, e que só quem estiver com determinado movimento ira sobreviver; é um tremendo insulto a inteligência dos corretores de Imóveis. Parece o Adolf Hitler querendo criar uma raça pura de corretores de imóveis.

O Novo Mercado Exigirá Especialistas.

Vejo que à partir desse cenário de crise, o próprio mercado eliminou os paraquedistas, curiosos e os famosos profissionais (já que) ou seja: já que eu não dei certo no mercado financeiro vou ser corretor de imóveis, já que eu não dei certo como advogado vou ser corretor de imóveis. Profissionais que não deram certo em suas profissões, e com o antigo boom imobiliário, vieram se aventurar em nosso mercado; Para esses profissionais é game over.

Profissionais que flertam com a corretagem imobiliária, aqueles que tem como segunda opção ou apenas para tentar complementar a renda, esses também serão afetados.

Já os corretores de imóveis puro sangue, o cara que estudou se atualizou, e nunca ficou estacionado no tempo. Esse sempre terá o seu lugar no mercado. Estamos na era do compartilhamento da informação imobiliária, na era das parcerias, para tanto os especialistas devem ter o mapeamento imobiliário, fotos bem tiradas, descrição impecável, todos os pontos positivos de cada imóvel, tudo registrado e bem catalogado.

A Diferença entre o Alfaiate e o Terno Chinês.

Para um dos momentos mais importantes da sua vida, você compraria um terno chinês com costura mal feita, botões mal costurados e de aparência estranha?. Ou iria em um alfaiate ou loja especializada, aonde tudo fosse feito sob medida, e tudo ficasse perfeito, dessa forma afastando qualquer possibilidade de estragar o grande momento da sua vida.

O Alfaiate ou loja especializada de ternos, são os corretores de imóveis e imobiliárias. Esses já participaram de milhares de transações, ou seja: você prefere alçar vôo com um piloto experiente ou com um cara que pilotou o avião por poucas vezes, ou pior: é a primeira vez que ele vai voar. ”Essa é uma analogia entre negócios feitos entre particulares e negócios com profissionais.”

Se der errado o avião cai e você perde tudo, não dá para arriscar um dos momentos mais importantes de sua vida, com um piloto sem experiência ou de primeira  viagem.

Deus abençoe a burocracia.

Eu quero ver um aplicativo regularizar um imóvel (risos), em meio a conectividade e velocidade da informação existe um problema; A nossa tão demorada e complicada burocracia. Imagina o seguinte cenário: o aplicativo conecta as partes, comprador e vendedor. O comprador quer negociar o imóvel através de financiamento imobiliário, mas a área construída não está averbada, e falta o desdobro com a casa ao lado. Vou dizer o que vai acontecer: eles vão perder o negócio por não conhecer nada de documentação e regularização imobiliária. Se tivesse presente um especialista de mercado, (corretor de imóveis) esse regularizaria o imóvel e o negócio não se perderia. O corretor conhece a prática das repartições públicas, e juntamente com arquiteto ou engenheiro te conduzirá ao caminho das pedras.

Ou seja, o mercado imobiliário é cheio de nuances e estratagemas, centenas de negócios  são perdidos por detalhes. E ter um bom e experiente negociador sentado a mesa, é o pequeno detalhe entre fechar o negócio e perder o negócio.

Um outro exemplo: Fernando tinha a sua casa para vender a três anos, mas o máximo que conseguiu, foi uma oferta por menos da metade do que o imóvel estava avaliado. Fernando conhece Pedro corretor de imóveis, esse identifica os seguintes pontos: a casa tem infiltrações, pintura deteriorada, pisos em péssimo estado, inventário por fazer, e diferença de área construída no carnê de iptu e matricula.

Pedro faz as seguintes orientações: senhor Fernando, vamos tirar as infiltrações, pintar a casa, arrumar os pisos e regularizar a documentação. Fernando não sabe por onde começar. O corretor se oferece para cuidar de cada etapa necessária, ele contrata os profissionais, regulariza os documentos e depois de tudo pronto, “alacazam” o imóvel que estava a três anos para vender, é vendido pelo preço justo, um investimento de 10 mil reais, evitou que ele tomasse um senhor prejuízo.

É isso que quero que entendam, nenhum aplicativo ou particulares, conseguem o resultado que especialistas de nicho conseguem. Em minhas mais de duas décadas de experiência, identifiquei que um negócio é perdido por meia palavra errada. O corretor de imoveis é aço forjado em altas temperaturas. Ou seja já passou por inúmeras vezes no calor acirrado de uma mesa de negociação; e com certeza é o pequeno detalhe que faz a enorme diferença na hora do fechamento.

Mas e a comissão?

Primeiramente, quem paga não é o comprador e sim o vendedor, ai os espertos de plantão vão dizer: mas senão pagar a comissão o negócio não sai, por isso é melhor comprar com o proprietário. Ai eu te digo, o corretor de imóveis é um hábil negociante, eu próprio já consegui em uma negociação baixar o valor do imóvel entre 10 a 35% da pedida inicial do proprietário. Ou seja valores bem superiores aos 6% seis por cento da corretagem. (isso que a turma do olho grande, não consegue entender).

Prezados palestrantes pregadores do apocalipse zumbi imobiliário, se o bom Deus me der vida até lá, em 2025 eu estarei fazendo negócios, de cabeça erguida e com muito orgulho de dizer: não precisei (quebrar as regras), agi como um corretor de imóveis puro sangue, aquele que nunca teve preguiça, que trabalhou duro de sol a sol, e estou aqui e estarei em 2025, 2035, 2050 e adiante. Tudo isso por um simples motivo: nunca fui um corretor de imóveis criado no carpete e no ar condicionado do escritório. Sempre corri atrás de especialização, e acima de tudo realmente me preocupei com as necessidades de meus clientes, quem faz ou fez negócios comigo; sempre terá o melhor em consultoria imobiliária. E quando você entrega o seu melhor, o resultado é o sucesso. Seja o melhor para o seu cliente, e ele jamais te trocará por um aplicativo.

As pessoas gostam de comodidade e pagam por isso, se você não conseguir fornecer facilidade para o seu cliente, certamente será instinto do mercado, mas se você conseguir resolver os problemas dele; de forma rápida e objetiva. Meus parabéns (você terá vida longa em seu mercado de atuação) quem acaba são os maus profissionais, os bons sempre terão lá e isso não tem data de validade; ou previsões bombásticas de pseudos gurus.

 

Artigo de Sérgio F. Barbosa.

dedicado ao meu estimado padrinho, Marcelo Tralli.