Renda informal acabou na caixa econômica federal

Renda informal acabou na caixa econômica federal

Amigos,

Antes do relato abaixo, friso, que anteriormente ja havia alertado a todos por email, dos problemas do Siric desde 2013, problema é que nos sempre contornamos eles, mas a cada vez o cerco vem fechando portas, e, em nosso ramo, grosso modo, derrubando vendas e inviabilizando negócios ok.

Renda Informal…..”acabou” !!!!!!!

Nestes últimos 30 dias, além dos meus processos, me trouxeram outros “indeferidos” (redução) com renda informal; mesmo que embasada com documentos, Analisando com calma, e tentando reaproveitamento de alguns casos, vi que o siric acatou apenas a renda formal…..”comprovada”, Ademais, mesmo nos casos que o cliente havia sido avaliado por correspondente e posteriormente pela agencia.

Portanto, não podemos falar mais em informalidade; Temos de formalizar ok

DARFS; RPA; IRPF; Contrato de Prestação de Serviços…etc.etc..etc, O Bom senso diz, que ainda devemos juntar os documentos embasatorios da renda informal, levar o cliente a entrevista unipessoal com o gerente, não deixando de frisar que por questão de pontuação no credit scoring a mesma esta sendo formalizada, e, assim rezar para que  Siric acate a renda apresentada como COMPROVADA.
Isto resultado do Acordo da Basileia III, que entre varias coisitas inclui o risco do credito, àqueles, que não declaram a renda, em nosso âmbito, os clientes com renda informal não comprovada, onde o Siric só a acata (as vezes) quando a mesma é movimentada na CEF.

Isto em nosso ambiente, resulta nas reduções de financiamentos e indeferimentos,  sem contar no que não  mencionei o behavior scoring, e, o mais importante, a falta de verba…..que não é novidade, para ninguém do ramo, logo, logo, seremos pegos de surpresa com o fechamento do Pró-Cotista, (ja tenho ouvido boatos), que não sera nenhuma surpresa ok.

Posteriormente envio a todos trechos do mane (manual normativo) de apuração renda, onde fica claro que ” o gerente” pode solicitar documentos complementares mesmo que apresentemos IRPF, Darfs, RPA, Informalmente dizendo que é só recolher os impostos e dizer que tem renda, tem de demonstrar, embasar o perfil de cliente e capacidade de pagamento, Ex. apresenta decore e darf de 15.000,00, mas num tem um carro, bicicleta, dividas, net, sogra…curso superior, etc.etc., o quadro indicaria que o mesmo recolheu o imposto para obtenção do financiamento, muitos de vocês que estão recebendo esses e-mail, ja foram indagados por mim, sobre o perfil do cliente ok, Mas vamos la, sem sustos, e quando eu, estiver novamente nos meus devaneios conto outras estorinhas ok.

Desabafo de um correspondente caixa.