Sehab Secretaria de Habitação Inicia Obras

Sehab Secretaria de Habitação Inicia Obras

Sehab inicia obras de revitalização em oito conjuntos habitacionais da cidade

A Secretaria de Habitação iniciou obras de revitalização em oito conjuntos habitacionais da cidade. As unidades receberão nova pintura, paisagismo, áreas de lazer, cercamento e cobertura nas garagens. As reformas beneficiarão cerca de 18 mil habitantes, moradores de 5.296 apartamentos.

A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) iniciou obras de revitalização em oito conjuntos habitacionais da cidade. Eles receberão pintura, paisagismo, áreas de lazer, cercamento e cobertura nas garagens. Vão ser instalados equipamentos de segurança, reformados telhados e caixas d’água e trocadas as ligações de gás. Assim que concluídas, as reformas beneficiarão cerca de 18 mil habitantes, moradores de 5.296 apartamentos.

As obras começaram em abril, nos conjuntos habitacionais Chaparral e Tiquatira, na Penha, e Goiti, em Itaquera (Zona Leste); City Jaraguá, no Jaraguá, e Lidiane/Vila Nova, na Casa Verde (Zona Norte); Jardim Imperador e José Paulino dos Santos, no Ipiranga (Zona Sudeste), e Jardim do Lago e São Domingos/Camarazal 4 e 7, no Butantã (Zona Oeste). A previsão é que elas sejam concluídas no segundo semestre deste ano, com exceção do City Jaraguá e do José Paulino dos Santos, que devem terminar em 2012.

Parte do Programa 3 Rs – Regularização, Recuperação de Créditos e Revitalização dos Empreendimentos, as intervenções custarão cerca de R$ 16 milhões e serão financiadas pela Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. Criado pela Superintendência de Habitação Popular (Habi) da Sehab em 2005, o 3 Rs foca num conjunto de ações que permitam regularizar, recuperar e comercializar edifícios voltados à habitação social.

Erguidos nos anos 1990 e no início da década de 2000, esses prédios foram construídos em terrenos com irregularidades fundiárias, como áreas sem registro em cartório ou aquelas que são uma mistura de desapropriada com pública, antigos leitos de rio, entre outras.

Para alcançar essa meta, é preciso regularizar o terreno e a ocupação dos prédios, fazer obras que reparem degradações, listar os moradores inadimplentes e recuperar taxas de retribuição devidas. “Também fazemos trabalho social para capacitar os habitantes a viver em condomínio, respeitando regras de convivência”, diz a coordenadora do Programa 3 Rs, Márcia Terlizzi.

O passo seguinte, ela explica, é transferir os conjuntos habitacionais reformados e regularizados à Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab). “Assim, os moradores interessados podem comprar seus apartamentos e adquirir suas escrituras.”

Um dos conjuntos que já passou pelo programa é o Garagem. Com 1.984 unidades habitacionais e quase 10 mil habitantes, o conjunto localizado em São Miguel Paulista (Zona Leste) já teve sua revitalização concluída. O próximo é colocar todos os apartamentos à venda para os moradores no segundo semestre.

fonte – site da prefeitura