Utilizando o Funil de Vendas na corretagem de imóveis

Direito de preferência para inquilino

Transformar possíveis compradores em clientes não é tarefa fácil para o profissional da corretagem de imóveis nos dias de hoje. Com a competitividade no mercado cada vez mais acirrada, o grande poder de influência e decisão de compra está agora nas mãos dos clientes, devendo o corretor prospectar o cliente no momento certo, abordá-lo na hora certa e saber oferecer o imóvel que mais se adequa às reais necessidades do cliente.

Utilizando o Funil de Vendas na corretagem de imóveis
Utilizando o Funil de Vendas na corretagem de imóveis

Para que isso seja possível, uma ferramenta que vem se tornando cada vez mais indispensável para qualquer profissional que deseja fazer a diferença na hora de vender e conquistar clientes é a utilização do Funil de Vendas. Com essa ferramenta, o corretor de imóveis estará apto a desenvolver e otimizar o seu processo de venda, entender o perfil de cada cliente e aumentar assim as chances de concretizar o seu negócio.

O QUE É FUNIL DE VENDAS?

Uma das ferramentas que mais vem sendo utilizadas por profissionais de sucesso para gerir e potencializar suas vendas é o Funil de Vendas. Composta por diferentes etapas, essa ferramenta possibilita ao profissional da corretagem de imóveis conduzir o cliente pelas “fases do funil” até o fechamento efetivo de uma venda.

O Funil de Vendas é o andamento do processo de venda, é a forma como o corretor de imóveis deve conduzir o seu cliente em potencial ao longo do funil até transformá-lo em cliente efetivo.

ETAPAS DO FUNIL DE VENDAS

As etapas do Funil de Vendas basicamente se dividem em quatro momentos: visitantes, leads, prospects e clientes. Cada uma dessas fases representa um estágio em que o cliente em potencial se encontra, devendo o profissional da corretagem de imóveis conduzi-lo de uma etapa até a seguinte para chegar em seu objetivo final, que é a do fechamento da venda.

4 etapas do Funil de Vendas

1. Visitantes:

Essa etapa é a primeira experiência que o cliente em potencial tem com o corretor de imóveis. Seja pessoalmente, por telefone, e-mail ou site, os visitantes são aqueles que chegarão até o corretor por acreditarem que ele possui o imóvel que o possível comprador está procurando. Um exemplo disso é quando o corretor de imóveis possui um site imobiliário e o visitante encontra a sua página ao realizar uma pesquisa na internet, chegando até ela seja por interesse ou apenas por curiosidade. No entanto, é preciso que o corretor saiba atrair o visitante desde esse primeiro momento para que então o restante do processo do Funil de Vendas possa ser conduzido de maneira eficaz. Ao receber um visitante em seu site, ele poderá simplesmente visualizar a página naquele momento e não retornar mais. Porém é importante que o profissional da corretagem de imóveis saiba definir estratégias que chamem a atenção desse contato para que garantam o interesse dele e façam com que o visitante volte e entre em contato com o corretor. Uma boa estratégia para essa primeira etapa é ter um site de qualidade, profissional e sempre atualizado, contendo todos os detalhes que possam garantir o interesse do visitante em procurá-lo e passar para as próximas etapas.

2. Leads:

Uma vez que os visitantes chegam até o site do corretor de imóveis, é possível que estes contatos sejam convertidos em leads. Os leads são todos os dados obtidos de pessoas que em algum momento tiverem o interesse em fornecer suas informações pessoais espontaneamente ao corretor. Quando alguém visita o seu site imobiliário, por exemplo, e têm dúvidas sobre algum imóvel que está sendo vendido, o visitante fornece seus dados como e-mail e telefone para que o corretor de imóveis possa entrar em contato com ele posteriormente. Ao obter essas informações pessoais, caberá ao profissional da corretagem de imóveis tentar conduzir o lead para a próxima etapa do processo do Funil de Vendas e transformá-lo em seu cliente efetivo.

3. Prospects:

No momento em que a pessoa fornece seus dados para entrar em contato com o corretor, passando a ser atendida por ele e recebendo melhores informações sobre o imóvel de seu interesse, esse cliente em potencial é denominado prospect. Nessa etapa do Funil de Vendas, cabe ao corretor de imóveis saber abordar o possível comprador de maneira eficaz, dando a ele toda a atenção necessária e retirando todas as suas dúvidas para que então a última etapa possa ser concluída.

4. Clientes:

Após um processo de vendas completo, passando pelas etapas de busca, informação e atendimento, é chegado o momento em que o corretor de imóveis concretiza a venda, convertendo seu prospect em cliente efetivo. Nesta última etapa do Funil de Vendas, cabe ao profissional da corretagem de imóveis dar todo o suporte necessário ao cliente mesmo após a assinatura do contrato, pois provavelmente ele precisará de auxílio para as etapas seguintes, tais como financiamento, impostos, entre outros. Lembre-se: o relacionamento entre cliente e corretor de imóveis não termina logo após o fechamento da venda, muito pelo contrário, o pós-venda torna-se essencial para garantir a satisfação do cliente e facilitar futuros contatos.

Agora que você já sabe como funciona o Funil de Vendas e quais são as suas principais etapas, aplique essa ferramenta como estratégia de gestão para os seus negócios. Uma vez utilizado o Funil de Vendas, cabe a você, corretor de imóveis, avaliar cada etapa do processo e identificar quais melhorias devem ser feitas para otimizar seus resultados e conquistar clientes.

Fonte :

http://www.imobex.com.br/comunidade/utilizando-o-funil-de-vendas-na-corretagem-de-imoveis/#.VOnjDPnF-_k


 

 


  Diga Como Quer o Imóvel :

logo_banner

nossa equipe encontra


 Procurando Imóveis ?

Imoves na Zona Leste

www.altopedroso.com.br

PABX (11) 2032-4040